Arquivo da categoria: LISTAS

As 5 capas mais bonitas da editora DarkSide

Faltou energia. Uma noite sem luz, celulares ou internet. Como distração apenas uma história horripilante contada por um parente que já viveu muita coisa e conhece bem os seus medos. Esse é o segredo da editora DarkSide: fazer você reviver momentos de assombro que já não são mais tão comuns como eram antes.

Ok, ok. Tem mais alguns segredinhos aí. Sendo o mais evidente deles a preocupação e o capricho da editora com a estética de suas publicações. Os caras são FO-DAS e entregam edições com capas absurdamente maravilhosas!

capas-darkside

Foi difícil, mas destacamos aqui as cinco capas mais bonitas da DarkSide:

 

1 – A MENINA SUBMERSA. MEMÓRIAS.

capas-darkside-menina-submersa

2 – ONDE CANTAM OS PÁSSAROS

capas-darkside-onde-cantam-os-passaros

3 – SERIAL KILLERS. ANATOMIA DO MAL

capas-darkside-serial-killers

4 – MENINA MÁ

capas-darkside-menina-ma

 

5 – O MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA + EVIL DEAD – CAIXA TERROR VHS

capas-darkside-massacre

 

E você? Concorda com essa lista? Esquecemos algum título da editora que também tem uma capa arrasadora? Conta pra gente!

Anúncios
Etiquetado , , , ,

Os 5 livros mais vendidos na história da editora Intrínseca

Por trazer grandes lançamentos do mercado editorial gringo para o Brasil, a Intrínseca se tornou uma das editoras mais queridinhas entre os leitores que adoram novidades. Você talvez não se lembre, mas foi ela a responsável por levar para as livrarias sucessos como: a saga Crepúsculo, a trilogia Cinquenta Tons de Cinza, o emocionante “Como eu era antes de você”, o perturbador “ Precisamos falar sobre o Kevin” e o memorável “A menina que roubava livros”. É muita coisa boa, minha gente!

 

livros-mais-vendidos-intrinsica

 

Além disso, a editora Intrínseca talvez seja a mais participativa do seu segmento nas redes sociais. Pode parecer jabá, mas não é. Atualmente, há uma evidente preocupação da parte deles em estar presente em todas as novas plataformas, como Face, Insta, Snapchat e, pasmem, até no spotify. E foi nessa onda de conteúdo, mais especificamente no programinha Bastidores da Intrínseca, exibido nas segundas e quintas no Snap da empresa, que me deparei com a curiosa lista “ Os 5 livros mais vendidos na história da editora”.

Quis dividir essa informação com vocês por ser uma listinha super curiosa. Afinal, não são todas as editoras que compartilham esses dados.  Lembrando que, não nosso TOP 5 não está em ordem.

A CULPA É DAS ESTRELAS 

SINOPSE: Hazel foi diagnosticada com câncer aos treze anos e agora, aos dezesseis, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões. Ela sabe que sua doença é terminal e passa os dias vendo tevê e lendo Uma aflição imperial, livro cujo autor deixou muitas perguntas sem resposta. Essa era sua rotina até ela conhecer Augustus Waters, um jovem de dezessete anos que perdeu uma perna devido a um osteosarcoma, em um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Como Hazel, Gus é inteligente, tem senso de humor e gosta de ironizar os clichês do mundo do câncer – a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Com a ajuda de uma instituição que se dedica a realizar o último desejo de crianças doentes, eles embarcam para Amsterdã para procurar Peter Van Houten, o autor de Uma aflição imperial, em busca das respostas que desejam.

O que achei: Super merecido. Taí um dos clássicos modernos da literatura Yong Adult, que precisa ser lido. Inteligente, engraçado e muito emocionante, sem ser piegas (alá Nicholas Sparks).

A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS

SINOPSE: Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.

O que achei: Só de uma história ser narrada pela Morte, ela merece a nossa atenção. O livro surpreende pela fluidez e ternura em retratar um assunto tão pesada quanto a segunda Guerra Mundial.

CINQUENTA TONS DE CINZA

SINOPSE: Quando Anastásia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja – mas em seus próprios termos.

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso – os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

O que achei: Segundo a Helô, que apresenta o programinha “Bastidores da Intrínseca”, publicar a trilogia Cinquenta Tons foi um divisor de águas para a editora. E não é pra menos, esse livro deu o que falar.  O romance é envolvente e corajoso, trazendo práticas de BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo) de forma DETALHADA em suas páginas. Esse assunto tabu foi o que gerou tanta discussão em torno da obra.

CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS

SINOPSE: Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua nova carreira, numa editora de livros. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida.

O que achei: Não lemos.

CINQUENTA TONS DE LIBERDADE

Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade…

O que achei: Não lemos.

Seu livro favorito não apareceu no TOP 5 da intrínseca? Conta pra gente nos comentários!

Etiquetado , ,